Letra:

Cartão postal, carta viva, boa nova do amor
Vida real te coloco como um selo em mim
Pra outro ler, letra grande escancarada, janela
Sobre os meus pés as sandálias que gastei ao seguir
Atravessar o mundo com você dentro de mim
Levar na mala o bilhete da paz
Como um carteiro calado
Cartão postal, carta viva, boa nova do amor
Vida real te coloco como um selo em mim
Pra outro ler, letra grande escancarada, janela
Sobre os meus pés as sandálias que gastei ao seguir
Atravessar o mundo com você dentro de mim
Levar na mala o bilhete da paz
Como um carteiro calado

Quem tem o dom de subverter o mal com a verdade
Sabe tão bem que não pode confiar na própria vontade
Pois a paz que eu carrego é uma carta que não fala nada…
Nada… De mim!

Uhuhuh… Uhuhuh… Uhuhuh… Uhuhuh…Ahahah…
E quem tem o dom de subverter o mal com a verdade
Sabe tão bem que não pode confiar na própria vontade
Pois a paz que eu carrego é uma carta que não fala nada…
Nada… Nada… de mim!


DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here