PROPAGANDA

“Victor Azevedo é muito famoso. A última que eu vi foi ‘quando eu olho para Deus eu me vejo tão justo que eu não me sinto inferior a Ele’. Ou seja: a nossa justiça, recebida em Deus, é algo que faz com que não sejamos inferiores a Deus. Tem a questão de Jesus, que Victor Azevedo tem falado recentemente… ‘Jesus teria pecado em Adão’, se Jesus estivesse no lugar de Adão. E outras patacoadas parecidas”.

PROPAGANDA
PROPAGANDA
PROPAGANDA

“Eu não estou querendo azucrinar o Victor Azevedo, não estou aqui para simplesmente falar mal, ou humilhar, o que quer que seja. A minha ideia não é essa. Mas, eu quero colocar uma coisa que é importante […] no nosso podcast ‘Teologia do Coaching, a nova Teologia da Prosperidade’, onde a gente denuncia esse novo movimento que tem como cabeças gente como Deive Leonardo, Tiago Brunet e Victor Azevedo. São nomes muito famosos, reconhecidos pela capacidade de se comunicar de alguma forma com a cultura, de falar com as pessoas de um nível social muito amplo, mas que repetem exatamente as mesmas coisas da teologia da prosperidade, a promessa de uma vida melhor, de uma solução temporal, um cristianismo pouco baseado em exegese bíblica e muito baseado nos efeitos horizontais da fé”.

“Enquanto a teologia da prosperidade do século passado com Malafaia, Marco Feliciano, Renê Terra Nova e toda essa trupe prometia saúde física e prosperidade financeira, agora eles prometem saúde emocional e prosperidade existencial. Então qual é a grande promessa dessa teologia? Não existe pecado, não existe a redenção com Deus, não existem absolutamente problemas transcendentais nos ser humano que são centrais à vida dele, o que existe são problemas materiais e humanos”.

“Quando você começa a dar para essas pessoas, visibilidade, gente sem estofo teológico, que são simplesmente bons comunicadores que tocam no seu coraçãozinho e fazem você sentir aquela coisinha gostosa aqui dentro, você está simplesmente dando palco para gente maluca. Você está dando palco para doido. Você está simplesmente aplaudindo, dando palanque, para pessoas que são hereges“.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here