“Deus estava comigo o tempo todo”, afirmou o jogador Neto, evangélico.

“O avião desligou. A força caiu completamente. Eu estava acordado, e o avião caiu dos céus. Estava além de nossa compreensão como humanos”.

“Eu me lembro das minhas últimas palavras naquele avião. Eu estava orando, orando, orando em voz alta. Quando eu vi que a gente estava caindo mesmo… eu disse: ‘Jesus, Jesus, eu li na Bíblia que o Tu fez um monte de milagres. Nos ajuda. Tem misericórdia da gente. Jesus, olha pra gente. Tem misericórdia. Nos ajuda. Tu é o piloto desse avião”, contou.

“Mesmo orando a um Deus tão poderoso, vendo aquela situação com os olhos humanos, eu sabia que era impossível. Meu último e único recurso era a oração. Então ficou tudo escuro”.

“Eu sonhei que iria acontecer. Poucos dias antes de nós partirmos para a primeira das finais da Copa Sulamericana na Colômbia, eu tive um pesadelo terrível”.

“Quando eu acordei, contei para a minha mulher que [sonhei que] estava em um acidente de avião. Eu estava na aeronave à noite e chovia bastante. Então o avião desligou. E caiu dos céus. Mas, de alguma forma, eu consegui me levantar dos destroços. Eu saí e estava numa montanha à noite. Estava tudo escuro. É tudo que eu me lembrei”.

“No dia da viagem para o jogo final, eu não consegui tirar o pesadelo da minha cabeça. O sonho era tão vívido. Estava martelando na minha mente”.

“Eu enviei uma mensagem para a minha mulher do avião. Eu disse a ela para orar a Deus e pedir para Ele me proteger daquele pesadelo. Eu não queria acreditar que aquilo iria acontecer. Mas eu pedi para que ela orasse por mim […] Então eu vi todas as coisas daquele sonho se tornarem realidade”.


DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here