A ex-modelo Andressa Urach concedeu uma entrevista ao The Noite, no SBT, e falou sobre seu passado e processo de conversão e mudança de vida. Recuperada de um grave problema de saúde, ela considera que recebeu uma segunda chance e mudou sua vida.

Em 2014, ela esteve à beira da morte por causa dos excessos de vaidade, além de quase perder as pernas devido a uma grave infecção. Quando sentiu que sua vida terminaria ali, disse ter vivido uma experiência sobrenatural que a tirou da incredulidade.

“No momento da cirurgia eu estava deitada na maca e vi minha alma saindo do meu corpo. Lembro de subir para um lugar muito claro e silencioso. Eu senti uma paz e toda aquela dor tinha saído. Passou um filme de tudo de errado que eu fiz e eu sabia que estava condenada ao inferno”, contou.

Andressa Urach foi questionada pelo apresentador Danilo Gentili se essa experiência não era um delírio: “Eu tenho certeza que foi real. Eu pedi para Deus me dar uma segunda chance e cuidar do meu filho. Eu vi uma luz muito brilhante — que eu sei que era Deus — e Ele disse: ‘Vou deixar você voltar, mas você vai ter que fazer tudo diferente’. E eu voltei”, respondeu.

Antes de se converter, Andressa Urach nutria desprezo evangélicos: “Eu debochava muito de Deus, nunca imaginei estar dentro de uma igreja. Deus sabe o quanto eu me arrependo, mas eu não posso mudar o meu passado”.

A jornada da qual Andressa Urach se envergonha começou com o fim de seu casamento, e as dificuldades financeiras a levaram a optar pela prostituição e busca pela fama a todo custo.

“Hoje eu falo do meu passado para ajudar outras pessoas. Deus conhece o meu coração e sabe que eu não fiz esse livro com a intenção de ganhar dinheiro, minha intenção foi salvar almas. Infelizmente, muitas pessoas não acreditam [em Deus] e vão ter que chegar no fundo do poço para acreditar”, lamentou.

Habituada aos aplausos de quem admirava seu corpo, a ex-modelo disse recebe criticas por ter mudado de vida: “O mais triste é que quando eu fazia tudo errado, as pessoas me aplaudiam. Hoje que eu decidi ter uma vida reta e ser uma pessoa melhor, eu sou muito mais julgada que antigamente”.

Além da vida como esposa e mãe, ela se dedica a projetos sociais da Igreja Universal do Reino de Deus, como evangelismo em presídios e distribuição de marmitex para moradores de rua.


DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here