Letra:

No tempo em que eu tentei fugir de ti
E quando eu fingia ter sossego
Ou quando eu negava os meus tropeços
A tua voz me chamava

No tempo em que eu vaguei fora dos trilhos
Tentei fazer valer meus descaminhos
Pensando que eu podia andar sozinho
A tua voz me chamava

Podia enganar com meu discurso um punhado de gente
Com um sorriso falso eu dizia: Está tudo bem!
Mas tu que vês dentro de mim, conhece minhas mentiras
Não posso te enganar


Caiu minha máscara
Cai de joelhos
Clamei por teu nome
E tu estavas lá

No dia em que eu deixei de resistir
A paz que eu sentia era tão doce
E mesmo que nem tudo fique bem
Sei que tu estás comigo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXAR UMA RESPOSTA