O pastor Zé Bruno afirmou que “Deus não precisa de mim para fazer o que Ele tem que fazer”. Essa é uma reflexão que o vocalista da banda Resgate fez sobre as diferentes visões ministeriais.

“Tem uma frase que é comum você ouvir… alguém que diz assim: ‘Deus está com aquele cara, porque se ali acontece um milagre, é porque Deus está com ele’. E muitos dizem assim: ‘Está vendo? Esta obra é de Deus, porque está acontecendo essas coisas. Então eu sou um servo de Deus. […] É… parece que faz lógica. Gente que diz: ‘Senhor, eu estou fazendo milagres, ajudando gente, isso é sinal que o Senhor está comigo’ e Deus diz: ‘Claro… que não”.

Zé Bruno sugere a leitura de Mateus 7:22-23, na qual Jesus alerta sobre os falsos profetas: “Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade”.

“Você acha mesmo que Deus precisa de um homem para fazer o que Ele tem que fazer? Numa boa… você acredita nisso mesmo? Que raio de cristão é você?”, questionou, afirmando que muitos líderes se comportam como homens que cuidam de “cabeças de gado”.

“Gente que trata o povo de Deus, não como rebanho de ovelhas, mas como cabeças de gado, só falta usar um chapéu. Isso dói no coração. Muita gente acha que pregadores que fazem essas coisas que eu estou fazendo agora são ‘invejosos’. O povo é santo, porque ele é de Deus”, afirmou.

“O seu currículo não pode conter aquilo que você não fez. O seu currículo não pode ter feitos pelos quais você não foi responsável”, disse.

“Quando eu olho para trás, para as minhas experiências, se eu sou, de verdade, um servo de Deus, compreendo o Reino e o Rei, eu sei que nenhuma delas fui eu que fiz. Todas elas, pela graça, Deus realizou apesar de mim. Porque Deus não precisa de mim para fazer o que Ele tem que fazer. Ele me dá a dádiva, oportunidade, privilégio de poder compartilhar com Ele, na sua divindade, a realização de algo que não acontece pelas minhas mãos, nem pelas mãos de ninguém, mas por pura graça, poder e misericórdia de Deus”, finalizou.


DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here