PROPAGANDA

A pandemia do coronavírus foi tema de um sermão do reverendo Augustus Nicodemus Lopes baseado na passagem bíblica de Lucas 21:7-28, que integra o sermão escatológico de Jesus.

PROPAGANDA
PROPAGANDA
PROPAGANDA

O pastor presbiteriano destacou que o cristão deve ter em mente que todas as adversidades enfrentadas ao longo da vida fazem parte de um sofrimento que foi profetizado por Jesus e precisa se cumprir para que Ele volte “em poder e grande glória”.

Ao longo da mensagem sobre o coronavírus, pregada na Primeira Igreja Presbiteriana de Recife no último domingo, 15 de março de 2020, o pastor elencou cinco pontos essenciais para que o cristão mantenha seu testemunho diante da crise atual.

“Mestre”, perguntaram eles, “quando acontecerão essas coisas? E qual será o sinal de que elas estão prestes a acontecer?”
Ele respondeu: “Cuidado para não serem enganados. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Sou eu! ’ e ‘o tempo está próximo’. Não os sigam.
Quando ouvirem falar de guerras e rebeliões, não tenham medo. É necessário que primeiro aconteçam essas coisas, mas o fim não virá imediatamente”.
Então lhes disse: “Nação se levantará contra nação, e reino contra reino.
Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu.
“Mas antes de tudo isso, prenderão e perseguirão vocês. Então os entregarão às sinagogas e prisões, e vocês serão levados à presença de reis e governadores, tudo por causa do meu nome.
Será para vocês uma oportunidade de dar testemunho.
Mas convençam-se de uma vez de que não devem preocupar-se com o que dirão para se defender.
Pois eu lhes darei palavras e sabedoria a que nenhum dos seus adversários será capaz de resistir ou contradizer.
Vocês serão traídos até por pais, irmãos, parentes e amigos, e eles entregarão alguns de vocês à morte.
Todos odiarão vocês por causa do meu nome.
Contudo, nenhum fio de cabelo da cabeça de vocês se perderá.
É perseverando que vocês obterão a vida.
“Quando virem Jerusalém rodeada de exércitos, vocês saberão que a sua devastação está próxima.
Então os que estiverem na Judéia fujam para os montes, os que estiverem na cidade saiam, e os que estiverem no campo não entrem na cidade.
Pois esses são os dias da vingança, em cumprimento de tudo o que foi escrito.
Como serão terríveis aqueles dias para as grávidas e para as que estiverem amamentando! Haverá grande aflição na terra e ira contra este povo.
Cairão pela espada e serão levados como prisioneiros para todas as nações. Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos deles se cumpram.
“Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações se verão em angústia e perplexidade com o bramido e a agitação do mar.
Os homens desmaiarão de terror, apreensivos com o que estará sobrevindo ao mundo; e os poderes celestes serão abalados.
Então se verá o Filho do homem vindo numa nuvem com poder e grande glória.
Quando começarem a acontecer estas coisas, levantem-se e ergam a cabeça, porque estará próxima a redenção de vocês”.

Lucas 21:7-28

Compartilhe a mensagem do pastor Augustus Nicodemus sobre a crise do coronavírus nas redes sociais.

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here